UM GOVERNO FORMADO POR MAIORIA FEMININA: Será possível isso no Brasil? Quando?

Em uma sexta-feira do fim de janeiro de 2022 (especificamente dia 21) o presidente eleito do Chile, Gabriel Boric, veio a público anunciar seu gabinete de governo que toma posse no dia 11 de março.

E o que se viu foi uma inspiração para a América Latina e o mundo todo: dos 24 ministérios, 14 serão comandados por mulheres. Em seu pronunciamento, o futuro presidente de 35 anos, disse que:

“Temos certeza que a diversidade do Chile está, justamente, na diversidade de sua gente”.

Boric falou ainda que “o gabinete tem a missão de lançar as bases para as grandes reformas que nos propusemos realizar em nosso programa”.

Pois aqui no Left, nós também achamos que a diversidade é uma riqueza que torna nosso país único. E que é impossível reformar de fato, sem oxigenar as ideais. A pluralidade ganha com pessoas de origens e formações diversas.

Mas, aqui no Brasil, especialmente neste momento, as diferenças e diversidades estão longe de serem bem representadas nas instâncias de comando, participação e representação política. Somos carentes da inovação de pensamento que viria com mais pessoas negras, com deficiência, mulheres, indígenas, LGBTQIA+ e todas as demais minorias.

O GIFE – Grupo de Institutos Fundações e Empresas – fez um levantamento muito singular sobre áreas que recebem menos atenção e investimento social privado atualmente no Brasil. Entre elas está a democracia. Esse é o nosso cenário hoje:

 

Fonte: GIFE

A ideia do GIFE é ampliar a diversidade de estratégias de atuação dos institutos, fundações e empresas – já que não há perspectivas de atuação pública nessa seara.

Quem sabe, com o aporte de novos investimentos privados, a democracia brasileira ganhe um novo folego. O debate envolve pensar as instituições e o sistema político, mas também a nossa sociedade como um todo e como o tecido social que nos une.

No LeftBank somos defensores fervorosos da democracia como um valor que precisa sempre ser fortalecido e compartilhado no nosso cotidiano. E estamos super dispostos e abertos a participar dessa discussão por mais diversidade e representação das minorias.

Gracias, Chile, por nos inspirar.

 

_________

Clique aqui e abra sua conta LEFT!